domingo, 6 de abril de 2008

Inferno Astral

Tenho uma capacidade enorme de pensar demais sobre tudo o que me acontece. Pra maioria das pessoas, um tombo é só um tombo, mas eu fico horas pensando no que fez o universo conspirar para que eu caísse justamente na parte mais molhada da rua. Deve ser autocrítica em excesso, só pode.

Essa breve introdução é pra justificar que é claro que eu não poderia aceitar facilmente o fato de que a série de coisas que me aconteceu no último mês fosse obra do acaso. Como não tenho nenhuma outra explicação plausível, eu atribuí ao meu inferno astral.

Na internet, encontra-se as seguintes definições para Inferno Astral:

"Inferno Astral é o período de 30 dias que antecede a data de seu aniversário. Nessa época, a cada ano, você fica mais sensível e precisa se dar a si mesmo(a) mais atenção. Durante essa fase, recomenda-se fazer um balanço de sua vida e quando se deparar com problemas, esforce-se por resolvê-los." (astral-on-line.com)

Que ótimo... só preciso me esforçar para resolver problemas então durante o inferno astral!

"No mês que antecede nosso aniversário, o ponteiro se encontra transitando na casa 12 da roda zodiacal (a última), ligada ao signo de Peixes, que pode indicar sofrimento, doenças e fatalidades.
É possível nas quatro semanas anteriores ao aniversário algum acontecimento desfavorável na vida da pessoa.Se nenhum aspecto negativo for formado, nada acontecerá.É sempre necessário que exista um ‘pano de fundo’ indicador de algo para que um evento aconteça.Nem sempre o mês que antecede o aniversário apresenta desgraças, doenças ou acontecimentos dramáticos.O certo é todos viverem o mês que antecede o aniversário como sendo um período de recolhimento, meditação e interiorização." (astro-saber.com)

Essa eu gostei mais ainda. Especialmente da parte que menciona que a casa 12, ligada ao signo de peixes pode indicar desgraças (peixes é o meu signo).

Particularmente, não sou ligada em astrologia, acho uma grande bobagem, porque se eu acreditasse, também acreditaria que todas as pessoas que nasceram no mesmo dia em que eu, no mesmo ano e na mesma faixa horária, teriam personalidade igual a minha, o que já tive provas contundentes de que não é verdade. Mas como explicar ?

- que tenha caído um temporal no meu primeiro dia de aula, justamente às 6h30 da tarde, na hora em que eu saía do trabalho e estava sem carro e sem sombrinha?
- que eu tenha tido uma enxaqueca de quase desmaiar bem no dia e horário da minha apresentação de trabalho ?
- que eu tenha levado dois tombos num intervalo de duas semanas, os dois com vários esfolamentos, sendo que o segundo esfolou uma área previamente esfolada da minha mão?
- que no dia em que eu cheguei em casa após o dito tombo e tinha exatamente 20 minutos pra tomar banho, me arrumar e chegar na faculdade não tinha uma gota de água no prédio para que eu pudesse sequer fazer um curativo (quem dirá tomar banho)?
- que justamente no dia do meu aniversário, que casualmente era véspera de feriadão de Páscoa, um professor mala teimou que tinha que dar aula até às 10h30 da noite.

Enfim, estou precisando de simpatias para espantar o inferno astral... que já deveria ter-se ido, mas ainda não foi.

Um comentário:

Valéria disse...

nem sei se seu blog continua ativo, mas procurando umas coisas pelo google, acabei entrando nele... Gostei do post... bem... hummm...realista...hehehe Tem horas que nda colabora...mas se tem a ver com o signo não sei, fiquei com medo agora, hahahaha, tbm sou de peixes...rs
Bom... parabéns! Seu post pelo menos fez alguém se divertir... ;)
Valéria.