domingo, 15 de novembro de 2009

O que fazer em 2 dias em: Lima - Peru

Estava assistindo ao programa Amazing Race - América Latina, no Discovery Channel e, no episódio em questão, os competidores estavam em Lima, no Peru. Foi quando recordei da nossa estada lá. Normalmente quem vai ao Peru apenas passa pelo aeroporto de Lima ou dorme uma noite na cidade, já que as cidades turísticas são em outras regiões. No entanto, Lima tem lugares que valem a pena serem conhecidos. Em dois dias lá você pode visitar:


Plaza Mayor ou Plaza de las Armas: Em torno das praça ficam alguns dos prédios mais importantes: a Casa do Gobierno, a Catedral, a residência do Arcebispo e a prefeitura. A Catedral é impressionante, enorme e antiquíssima, foi construída em 1555. Esses lugares ficam bem no centro da cidade.

Igreja de São Francisco: Pertinho da Plaza Mayor fica o convento e a Igreja de São Francisco, com sua fachada amarela. Também é um prédio antigo e um dos poucos que sobreviveu ao terremoto de 1746 que assolou Lima. No subsolo, há catacumbas, abertas à visitação, que contém ossos de aproximadamente 70.000 pessoas.


Museu Nacional: Lima tem inúmeros museus, mas se for para visitar apenas um deles, eu escolheria o Museu Nacional do Peru. Visitar o museu é uma aula de história peruana e o custo é baixo, apenas 6 soles para adultos. Se você gosta de museus, outro muito bem recomendado é o Museu Larco, um museu privado que fica numa mansão do século 18 e mostra 3 mil anos do Peru pré-colombiano, organizado em ordem geográfica e histórica. O museu também possui uma coleção de artigos de ouro e prata do antigo Peru. O custo é um pouco mais alto que do Museu Nacional, em torno de 30 soles.


Miraflores: É um dos bairros mais simpáticos de Lima. Lá você tem uma visão panorâmica das praias e pode visitar também o Larcomar, que é um shopping center à beira-mar, com uma parte aberta. Nesse bairro, também é possível visitar a Huaca Pucllana, que é um site arqueológico pré-colombiano, onde você pode, inclusive, ver os arqueólogos trabalhando. Infelizmente estava fechado no dia em que passamos, só conseguimos ver do lado de fora. Em Miraflores há ainda o Parque del Amor, um parque bom para caminhar, com uma enorme estátua de um casal se beijando e, que, para mim, pareceu de gosto duvidoso. Mas vale conhecer. É diferente.


Pertinho de Miraflores, dois bairros merecem visita: Barranco um bairro boêmio e colorido (seria uma mistura entre Cidade Baixa e Bom Fim, comparando com Porto Alegre). Lá há uma ponte dos suspiros e também bela vista da cidade. Para quem gosta da noite é o lugar. Outro bairro ali perto é San Isidro, considerado o bairro chique da cidade.

Parque de La Reserva: O Parque foi inaugurado em 2007 e apresenta o maior complexo de fontes de água do mundo. São 13, algumas interativas e todas iluminadas por luz à noite. O parque ainda não existia quando estivemos em Lima, mas a julgar pelas fotos, vale uma visita.

Praias: Apesar de localizar-se às margens do pacífico, os habitantes de Lima parecem não frequentar muito as praias da cidade. Não sei dizer a razão, se o frio ou o mar agitado. Vi apenas surfistas na água. Nós chegamos pertinho, porque afinal de contas, tínhamos que molhar as mãos nas águas do Pacífico, mas foi só isso. Há praias mais famosas e procuradas por surfistas fora da cidade, a mais ou menos 50 quilômetros como Punta Hermosa, Punta Negra e San Bartolo. Dizem os surfistas que as ondas são as melhores do continente, mas para quem tem apenas dois dias e não é surfista, não me pareceu a melhor opção.

Onde ficar: Ficamos em um hotel no bairro de Miraflores que é um bairro moderno e bem agradável. Não recomendo ficar no centro ou no centro histórico, quando cai a noite me pareceu não ser muito seguro. Ficamos próximos do Larcomar. Para nós foi bastante conveniente porque fazíamos as refeições lá, onde o tempero não era tão forte e tínhamos uma certa confiança na origem da água.

Clima: Não existe muita variação de clima ao longo do ano. Chove pouquíssimo na cidade, todavia, a umidade é alta, o que faz com que haja constante névoa. A temperatura é amena e praticamente não há diferença entre inverno e verão. Em janeiro, fica entre 19 e 25 ºC e em julho entre 15 e 18 ºC. Portanto, não existe época do ano ideal.

Dicas:
  • Não tente levar folhas de coca como lembrança ou para preparar seu chá ao sair do Peru para o Brasil. A bagagem é cuidadosamente revistada, a segurança da revista, tanto na entrada, como na saída supera a dos Estados Unidos (pelo menos no voo que peguei).
  • Muito cuidado com a água, pelo menos foi o que nos disseram.Verifique o rótulo da água que você está comprando, mesmo que seja mineral.
  • Acredite se quiser, era difícil encontrar Coca Cola no Peru. Os peruanos tem muito orgulho da sua Inca-Kola, que, apesar do nome, não é nada parecida com a Coca. É refrigerante de cor amarela e, para ser honesta, não foi feito para o meu paladar.
  • Se quiser provar um drinque tipicamente peruano, peça o Pisco Sour, preparado à base de pisco (aguardente peruana feita de uva) e suco de limão.
  • É necessário vacina contra a febre amarela, especialmente se você vai passear também pela região dos Andes depois.
  • O transporte público em Lima não é muito bom. O melhor meio de locomoção são os táxis, cujo custo é bem razoável. Os confiáveis são na cor preta ou amarela, mas pode haver fraude na identificação, então, peça no hotel ou local em que estiver hospedado. Negocie o preço antes, pois muitas vezes eles não têm taxímetro.

16 comentários:

Anônimo disse...

muito gostoso o refrigerante Inca Cola.... amei... e o Pisco(eu não bebo) confiamos em taxis brancos e fizemos varias tour baratas...

Anônimo disse...

O seu paladar deve ser ruim então, porque a Inka Cola é muito boa. E vc deve ser uma besta por achar que só por ter Cola no nome ia ser igual à Coca Cola.

Ah... e não é difícil achar coca cola no Peru de forma alguma.

Os táxis não tem taxímetro mesmo e não só "algumas vezes".

Antes de dar dicas, saiba do que está falando.

Anônimo disse...

Obrigado, pelos comentários. Faz parte do aprendizado.

emilia disse...

Obrigada, Ane

pelas dicas...quem se dá ao trabalho de dividir suas experiências de viagem é uma pessoa muito generosa...e gosto não se discute, cada um tem o seu...para que o mundo possa ser 'colorido'

Andreza disse...

Ane, obrigada pelo seu tempo investido em deixar aqui dicas tão úteis, para viajantes de primeira ida ao Peru. Francamente de todos os comentarios que já pesquisei o seu é de longe o melhor. Fico triste por ver que ´´algumas pessoas´´ não são dignas nem para fazerem um uso inteligente deste meio de cominicação que é a internet... mas, enfim... muito obrigada
Andreza - São Paulo

SIMONE FRANSISCO disse...

muito obrigada pelo post, fui 2 vezes á argentina, estou indo ao chile em agosto, epretendo antes de iniciar america do norte, conhecer toda a america do sul, então peru seria minha proxima opção, grata pelo post, faça mais..

Tadeu disse...

Irei pro Perú em setembro e estava procurando indicações de programas em Lima. Muito do que encontrei na internet estava concentrado aqui no seu post e dando mais dicas. Muito bom! Obrigado.

Lília Sentinger Manfroi disse...

Oi, estou indo para o Peru em setembro e assim como o Tadeu, que me antecedeu nos comentários aqui, gostei das dicas e vou aproveitá-las.
Gracias.

Lília Sentinger Manfroi disse...

Oi, assim como o Tadeu, que me antecede aqui, nos comentários, estou indo para o Peru e gostei muito das dicas.
Gracias

Bel B. disse...

Muito obrigada, vou ao Peru em junho e suas informações irão nos ajudar a montar um bom roteiro.

Bel B. disse...

Obrigada pelas informações, vou ao Peru em junho com um grupo e essas dicas nos ajudarão muito a montar nosso roteiro.

Romir Ribeiro disse...

Gostaria de dar uma sugestão aos visitantes de Lima, no tocante à alimentação: não deixem de provar o famoso "ceviche", que é o peixe marinado com o ácidíssimo limão peruano, e o "anticucho", que é a porção interior do coração do boi em forma de churrasquinho. São duas delícias imperdíveis, além dos peixes que só os peruanos sabem preparar com esmero.
Romir Ribeiro (viaja a Lima desde 1960).

Anônimo disse...

Peru é uma grata surpresa, Lima é maravilhosa. Gastronomia excelente, compras ótimas... tudo barato! Fique em Miraflores e divirta-se.

Felipe Lários disse...

Ane, parabéns pelo blog...nos ajudou bastante!

Cesar disse...

Seus comentãrios foram ótimos, passei uma semana em Lima e adorei!

wanda disse...

Vou ao peru em maio e foram de grande valia suas informações. Acho ridículo que exista gente que não prestam nenhum tipo de informação e ainda criticam os que querem ajudar. Mais uma vez agradecida por sua ajuda!